mar 9, 2016

Blog PH FIT – O Design thinking na embalagem

O Design thinking na embalagem

A embalagem é um importante canal de comunicação entre a marca e o consumidor, pois é na prateleira que o cliente decide pela escolha do produto, influenciado pelo poder de persuasão que a mesma proporciona. Um conceito que alterou o modo de enxergar a embalagem e toda sua influência no ato da compra foi o design thinking.

Pense como um designer, pense em design thinking

O que difere em ser um designer e pensar como um? Simples: a diferença para seus negócios postos em práticas com o conceito de design thinking. Esse termo foi popularizado pelo CEO da Ideo, Tim Brow, em seu livro: “Design Thinking – Inovação em Negócios”, que define essa atitude como forma de integrar-se a todos os fatores que envolvem a criação, ou seja, deve-se pensar além da estética de produtos e serviços enquanto um tipo de conhecimento, e passar a agregar aos produtos outros valores e soluções para vida das pessoas. Todos devem pensar como designer de maneira inovadora para solucionar problemas nas empresas ou na vida.

Pensar diferente – navegar na criatividade

Pensar fora do padrão é uma exigência para o conceito de design thinking, que almeja ampliar os horizontes das possibilidades com soluções mais criativas, fora dos conceitos tradicionais, inclusive na formação da equipe, que deve ter as mais diferentes qualificações. Essa definição vai além da parte artística e também se integra à administração das empresas, por exemplo. As pessoas se cansaram da filosofia vertical que impõe a ordem, e hoje é buscada uma forma mais ampla que seja corporativa e ao mesmo tempo contemple e represente mais o consumidor.
As embalagens como porta-vozes da marca são diretamente atingidas por essa nova filosofia. Enxergar a totalidade é a missão do design thinking, que visa as experiências em diversos níveis como base de trabalho. São pesquisas e buscas de novas possibilidades para os antigos problemas através de um novo conjunto de práticas e processos, por meio de obtenção de informações, tentativas, análises e soluções cabíveis. O decorrer do processo é a não horizontalização, atribuindo significados e valores às embalagens ou produtos e proporcionando novas experiências ao consumidor.

O foco em um projeto de design thinking é a interdisciplinaridade, que eleva a marca a outro patamar, transformando o conceito num ato mais inteligente, ou seja, em algo devidamente pensado, transmitindo experiência ao consumidor e as devidas sensações que ela provoca. A observação humana gera insights quanto às necessidades e desejos das pessoas, através dos produtos ou serviços multidisciplinares, unindo mercados que anteriormente não eram possíveis. As embalagens conseguem traduzir as exigências da vida do consumidor contemporâneo, levando soluções práticas, inteligentes e que despertem sensações, afinal, a embalagem é uma parte do produto.

As embalagens vão além da descrição do produto: elas promovem uma experiência e elevam a expectativas no consumidor, que procura um algo a mais. Elas são partes integrantes da comunicação da empresa ou marca e transmitem os seus valores, ideais e posturas de uma forma criativa e revolucionária.

Referências:

Sala 7 Design – http://sala7design.com.br/2016/01/o-que-e-design-thinking.html

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *